segunda-feira, 29 de junho de 2009

Aversos e Reversos

Protesto em 1968 - Ditadura Militar no Brasil

Liberdade
Palavra tola, subjetiva, chavão das revoluções
Bordão dos vazios
Clarão de ilusões

Liberdade
Simula um sentimento solto
Que finge andar por aí sem rumo
Engana a gente sem sumo
Sem húmus

Palavra hipócrita
Livre de definições
Presa a condições

Brota da mente de sonhadores
Morre no coração dos ditadores
Frustra o olhar do poeta
Pinta na testa
Molha o coração
Entra pela fresta
Letra em canção
E mestra, brasa em emoção

João Victor

terça-feira, 23 de junho de 2009

O lobinho nunca mente




Curta fantástico! Reflexão sobre a vida em 9 minutos...

segunda-feira, 8 de junho de 2009

Devaneios

Estar perto
Tentar
Ouvir blues
Comendo chocolate
Passar as tardes
Brincar nas nuvens

Estar de bem
Amar a cem
Amar sem ter
Bem perto
Brincar no sol

Ser feliz sem barreiras
Jogar
Se jogar
E simplesmente
Banhados pelo azul
Ser sul, ser norte
Acender
Apagar

A noite é fria
A lua é grande e redonda
Em torno de nós
A cada onda de espuma
Apenas o calor
As labaredas que nos esquentam
E as alamedas verdes vão passando
Nos separando
Cada um sabe o caminho
Sabe o destino
Segue sozinho
Segue no frio

JOão Victor